Home / Artigos / Passos para criar sua planilha de obras

Passos para criar sua planilha de obras

Para desenvolver de forma eficiente e produtiva um projeto de construção civil ou, popularmente, uma obra, é de fundamental importância criar uma planilha, que possa lhe ajudar não apenas a acompanhar o desenvolvimento da obra, mas também fazer a gestão do orçamento disponível.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo com o objetivo de apresentar alguns passos que você pode adotar para montar sua planilha de gestão e orçamento de obras. Confira!

Passos para criar sua planilha de obras

Estabeleça um preço para cada serviço/produto que a obra precisará

Para desenvolver corretamente uma planilha de gestão e orçamento de obra, é essencial que estabeleça os preços de cada produto/serviço que a sua obra precisará com base no projeto que foi feito.

Em outras palavras, é preciso que você se baseie no projeto de construção da obra para definir a composição dos preços dos produtos e/ou serviços que a obra precisará para ser executada.

Ter ciência disso pode garantir que saiba exatamente qual será o valor de sua obra com base no mercado de produtos e serviços relacionados à construção civil. Nesse sentido, cabe dizer que muitas vezes o projeto apresenta o valor X para um serviço, mas no mercado o valor é bem mais superior em decorrência da valorização desse serviço.

O estabelecimento de preços pode ajudar você a criar uma planilha de gestão e orçamento de obras que realmente esteja de acordo com a realidade do mercado.

Faça um levantamento dos custos acessórios

Outro importante passo para desenvolver uma planilha de gestão e orçamento da obra é fazer um levantamento acerca dos custos acessórios envolvidos em sua obra. Afinal, para o desenvolvimento de uma obra, definir os preços dos produtos ou serviços é apenas o básico.

Podemos compreender os custos acessórios como os encargos trabalhistas, por exemplo. Pagamento de INSS, FGTS, entre outros direitos garantidos aos trabalhadores por lei. São custos que devem ser observados por você na hora de elaborar sua planilha, pois assim terá ampla noção acerca do valor efetivo de sua obra.

Além dos encargos trabalhistas, considere também os impostos envolvidos na operação de construção de uma obra. São informações de fundamental importância para que, inclusive, defina o preço de valor do seu empreendimento.

Defina as etapas de sua obra

A preocupação em torno do orçamento da obra é necessária, mas fazer a gestão da obra não se resume somente a isso. É preciso inserir na planilha as etapas de construção de seu empreendimento, e isso deve ser feito de forma detalhada, para que assim consiga realizar de forma eficiente o seu acompanhamento por meio da planilha.

Como dica, sugerimos inserir as etapas de sua obra na planilha em três etapas: fundação, desenvolvimento e acabamento. Fica mais fácil acompanhá-la a partir desse raciocínio lógico.

Agora que você conhece alguns passos que podem te ajudar a desenvolver de forma eficiente uma planilha de gestão e orçamento de sua obra, o que está esperando para começar a criar a sua?

Você sabia que temos planilhas prontas que podem ser adotadas para gerir sua obra? Para conhecê-las melhor e, assim, selecionar a ideal para seu caso, não deixe de acessar nosso site.

Comentários desativados.