Home / Artigos / Passo a passo da construção: Conheça Planilha de Obra

Passo a passo da construção: Conheça Planilha de Obra

Para profissionais que trabalham com reforma de imóveis ou construção, a Planilha Orçamentária de Obras é fundamental no controle de gastos e também no cumprimento do cronograma.

Passo a passo da construção: Conheça Planilha de Obra

Por meio desse controle é possível evitar prejuízos tanto na parte financeira quanto na entrega da obra, já que será possível visualizar tanto o investimento quanto à verba a ser destinada.

O tempo gasto para desenvolvimento da planilha é compensado pelo retorno satisfatório que resultará ao final da obra, pois a planilha ajuda no controle sobre a obra, facilitando o processo de construção e evitando trabalhos mal-acabados.

O que são Planilha de Obras

A Planilha Orçamentária de Obras ajuda na execução de planejamento da construção de forma mais eficiente, sendo útil também no canteiro de obras. Por meio dela o projeto consegue alcançar o resultado desejado, pois entrega ao profissional um desenvolvimento mais preciso a ser feito em cada etapa.

O controle feito por meio da planilha também permite dar uma estimativa de todos os recursos que serão necessários para finalizar a obra, ajudando também na composição de profissionais que atuarão nos projetos.

As vantagens de elaborar uma Planilha

Esse controle de planejamento de obras torna todo o processo mais seguro. Ele ajuda com os prazos de entrega, os custos, o orçamento e o acompanhamento da gestão de obra.

Além de dar mais segurança aos profissionais quanto ao consumo de materiais durante o projeto, controlando as quantidades necessárias a serem usadas em cada etapa, quando deverá ser utilizado e as despesas com cada serviço.

A previsibilidade de gastos e prazos de forma minuciosa garante que não haja custos adicionais devido a situações inesperadas durante a obra.

Como fazer uma Planilha Orçamentária

Um orçamento feito de maneira correta deve envolver todos os custos envolvidos de um determinado serviço. Assim, é necessário incluir serviços, materiais, equipamentos utilizados, as despesas diretas e indiretas, além de fazer o preço de venda de acordo com a margem do lucro.

A seguir estão alguns detalhes de como fazer esse planejamento:

• Crie uma lista dos serviços que serão executados. Divida o projeto da obra em partes, de acordo com as atividades a serem realizadas, assim saberá a especificação de preço de tudo aquilo que será usado durante o projeto;

• Liste a quantidade de materiais que serão necessários, assim como a mão de obra e os equipamentos necessários. Quantifique todos os itens de forma detalhada para que não falte nada;

• Faça um levantamento daqueles materiais que não estão diretamente ligados a obra. São os chamados custos indiretos. É importante fazer esse tipo de levantamento porque pode acabar impactando no andamento da obra de alguma forma

• Com a quantidade de itens e todas as tarefas já listadas, é necessário fazer a composição de preços unitários. Calcule os gastos com os insumos necessários para a execução da obra, incluindo equipamentos, mão de obra e os materiais utilizados, tendo assim o valor unitário;

• Adicione o valor dos impostos e as taxas que incidem sobre o licenciamento e demais processos burocráticos da construção para que a planilha não fique incompleta com os custos gerais da obra.

Encontre um preço de venda utilizando o BDI (benefícios e despesas indiretas) por meio da fórmula Preço de venda = custo direto x (1+BDI / 100) para fazer um preço de venda com uma margem satisfatória de lucro.

A elaboração de uma Planilha de Obras ajuda no acompanhamento do projeto, dando mais confiança aos profissionais, permitindo um controle de prazos, evitando prejuízos financeiros com materiais e mão de obra, e levando ao resultado desejado por meio do controle de cada etapa da construção.

Comentários desativados.